Em 2019, o aluno Guilherme Ovçar, do Curso de Relações Internacionais do UNICURITIBA, está vivendo uma experiência única. Internacionalista e policial militar, Guilherme foi selecionado para participar da Missão Internacional em Darfur, no Sudão, organizada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em parceria com a União Africana (UA).

O acadêmico passou por processos seletivos em âmbito nacional, organizada pelo Exército Brasileiro, e internacional, promovido pela ONU. De acordo com ele, a ONU avalia o candidato no que diz respeito à doutrina da organização, a informações sobre a missão e ao país para o qual está concorrendo, além dos conhecimentos técnicos descritos em seu currículo”, detalha.

Os policiais que participam de Missões da ONU, em especial a Missão na qual Guilherme está atuando, auxiliam na proteção de civis, na segurança a recursos humanitários para a região do conflito e permitem a atuação de organismos de Direitos Humanos. Eles também são responsáveis por capacitar a polícia e as comunidades locais em suas atividades, trazendo mais segurança e competência de agência para os envolvidos.

Para Guilherme, atuar numa Missão de Paz enquanto internacionalista é um privilégio. “Além de participar de algo tão grande como a Organização das Nações Unidas, é muito relevante poder, de algum modo, contribuir para a promoção da paz em locais de conflito e facilitar, mesmo que minimamente, o auxílio a grupos e pessoas tão vulneráveis”, conclui.