Os Projetos Integradores costumam ser as estrelas do semestre e necessitam da atenção quase total dos estudantes, pois o trabalho concentra todos os elementos necessários para que, no futuro, eles sejam bons designers de interiores. A recompensa por todo o esforço vem em forma de reconhecimento, ou a Premiação dos Melhores Projetos Integradores do primeiro semestre de 2018. Cada módulo teve seu desafio e os grupos se superaram na criatividade e na técnica utilizada nos trabalhos.

A turma do Módulo A teve que propor uma solução para uma sacada de 31m², em formato de maquete física, com o projeto fundamentado em um movimento artístico. Nessa categoria, houve um empate técnico e duas equipes levaram o prêmio. A primeira, composta pelas alunas Gabriela Marchalek, Gisele Biezuz e Paula Lazuta, montou o trabalho inspirado na brasilidade. Já a segunda, integrada por Eduarda Costa, Ana Carolina Daemme e Rubia Koch, elaborou o projeto com base na estética Art Déco.

O Módulo C dedicou todos os esforços na elaboração de ambientes para a Mostra “Do Lixo ao Luxo”. Em um total de dez espaços, dois deles foram premiados: o Espaço Diva, assinado por Ana Carolina Garcia e Mayara Sauer Cavalheiro; e o Studio do Tatuador – Ship Pirate, criado pelos estudantes Anna Flávia Victorino, Ayelen Alejandra Correa e Fernanda Arcanjo.

Por fim, para unir todos os conteúdos estudados desde o início do curso, aliado a um cliente e uma necessidade real, o Módulo D teve que desenvolver o projeto de interiores do restaurante Risi Bisi Gourmet, localizado na Avenida Água Verde, a fim de propor uma nova identidade para o local. A vencedora foi Gabriele Azevedo, que propôs o conceito casual dining, uma criação americana que busca atender clientes exigentes, porém com um espírito descontraído.