As primeiras bancas virtuais do Curso de Direito do UNICURITIBA foram realizadas no sábado (9) e nesta segunda-feira (11), e contaram com a avaliação dos professores Luiz Gustavo de Andrade, Luciano Elias Reis, Tanya Kozicki de Mello e Roosevelt Arraes.

No sábado pela manhã, a primeira acadêmica a apresentar sua monografia foi Jaqueline Machado. Ela falou sobre a “Terceirização do Serviço Público à luz da Jurisprudência do Supremo Tribunal Federal” e foi aprovada.

Em razão da pandemia, as bancas estão ocorrendo via ambiente digital, por meio da plataforma Microsoft Teams. As bancas do sábado obtiveram recorde de público, chegando a quase 70 alunos assistindo cada uma delas. O interesse dos estudantes, em especial daqueles que também estão concluindo a disciplina, deve-se à curiosidade com algumas adaptações necessárias, do formato presencial para o formato digital.

Na etapa de deliberação da nota, ao invés da sala ser esvaziada, como acontece nas bancas presenciais, foram os professores avaliadores quem deixaram, momentaneamente, o ambiente online, bloqueando microfones e câmeras, para decidirem a nota em uma sala paralela, retornando, posteriormente, para anunciar o resultado da avaliação.

Além dos professores avaliadores, as bancas foram prestigiadas pelos professores Luciano Furquim, Eduardo Seino, Erika Paula de Campos e Ezequias Losso. No intervalo entre as bancas de sábado, o professor Luiz Gustavo, que as presidia, destacou que o mês de maio marca os 50 anos do magistério do professor Ezequias Losso junto ao Curso de Direito do UNICURITIBA e que ele, Luiz Gustavo, naquele sábado, completava 13 anos como docente da instituição.

As primeiras bancas foram acompanhadas pela Profa. Eloete Camilli Oliveira, Supervisora do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). A professora ressaltou que as bancas são a prova da incrível capacidade de adaptação de alunos e docentes e que constituíram, sem dúvida, uma atividade que abrilhantou as comemorações dos 70 anos do UNICURITIBA.