Ansiedade, angústia, medo, tristeza, irritabilidade, desmotivação e desesperança. Esses são os principais efeitos psicológicos do isolamento social. Para auxiliar no combate a esses sentimentos, Daniela Jungles, psicóloga e supervisora do Serviço Escola de Psicologia do UNICURITIBA, criou o grupo de apoio “Quarentena: Mantendo a saúde mental em dia”, no Facebook.

Daniela conta que a ideia surgiu porque muitos alunos e pacientes estavam buscando apoio emocional para dar conta do confinamento. “Mais do que nunca, precisamos falar sobre saúde mental. Certamente a Covid-19 é uma ameaça à saúde pública, mas não vamos esquecer que a solidão é outra. Somos seres sociais e as relações limitadas afetam diretamente o nosso humor. Além disso, precisamos evitar um aumento significativo de transtornos como depressão e ansiedade (ou mesmo conflitos familiares, divórcios, violência doméstica, etc.)”.

O grupo é aberto a alunos, professores, colaboradores e comunidade. O objetivo é oferecer, todos os dias, ideias, vídeos e mensagens para superar, em conjunto, a quarentena com uma boa saúde mental.