Cinco podcasts que todo universitário não pode deixar de ouvir

Conteúdos ganham espaço nos aplicativos e oferecem discussões sobre diversos assuntos de forma descontraída e informativa; veja dicas e aperta o play

Os podcasts têm ganhado cada vez mais espaço na nossa rotina pois trazem informações sobre uma infinidade de temas, com diferentes abordagens, de forma acessível e o melhor: dá para ouvir pelo aplicativo no celular. Assim, é possível escutar um podcast a caminho do trabalho, no almoço ou até lavando louça, cozinhando ou correndo – literalmente! 

Por definição, podemos classificar os podcasts como “programas”. Eles podem ser comparados aos de rádio, mas com a diferença de que são gravados e é possível ouvi-los quando você quiser. Segundo um levantamento realizado em 2019 pelo Deezer, serviço de streaming bastante utilizado entre os brasileiros, o consumo de podcasts cresceu mais de 60% no país.

Além das grandes empresas, que têm usado os podcasts para comunicar sobre seus produtos através de conteúdos, muitos anônimos têm se unido para compartilhar conhecimento. Esse, aliás, é um diferencial oferecido quando pensamos em podcasts, já que é possível apostar nos nichos para atingir públicos específicos, desde notícias até bate-papos sobre ficção ou histórias reais.

Entre os universitários, os podcasts também podem ajudar a agregar conhecimento, pois trazem debates sobre assuntos atuais que contribuem com a formação ou, no mínimo, te dão repertório para aquela conversa informal na faculdade. 

Veja cinco deles que não podem ficar de fora dos seus favoritos:

  1. Café da Manhã

No ar desde janeiro de 2019, o “Café da Manhã” é produzido e apresentado pelo trio de jornalistas da Folha de S.Paulo Magê Flores, Maurício Meireles e Bruno Boghossian. Com episódios publicados todas as manhãs, de segunda a sexta-feira, eles abordam os assuntos do momento no Brasil e no mundo.

  1. Fronteiras da Ciência

Com um conteúdo produzido com o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), os programas abordam a ciência de uma forma descomplicada. Cientistas renomados discutem desde as formigas-zumbis até a relação da bioantropologia e uma vala clandestina encontrada em Perus (SP), além, é claro, da Covid-19.

  1. Mamilos

“Jornalismo de peito aberto”. É assim que as apresentadoras Cris Bartis e Ju Wallauer definem o conteúdo que sai semanalmente e debate de forma profunda temas como sobre assédio sexual e adoção. Em 2015, por exemplo, o programa intitulado ‘Violência contra a mulher na internet’ serviu de apoio para muitos estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), já que o tema foi parecido com o abordado na redação. Os assuntos são tratados com empatia e bons argumentos de convidados que possuem diferentes opiniões.

  1. Vidas Negras

Neste podcast, produzido pelo Spotify, o jornalista Tiago Rogero resgata e conta a história de negros e negras da nossa história. “Um espaço para celebrar eles em vida, mas também para honrar o legado daqueles que não estão mais com a gente”, diz o apresentador no teaser do Vidas Negras. Há episódios com o dançarino e ator Jorge Laffond, e outros que contam a história de Lélia Gonzalez, Grande Otelo, Chica Xavier, Mussum, entre outras personalidades. 

  1. Quatro cinco um (451 MHz)

“O podcast dos livros da revista dos livros”, “o podcast de quem lê até com os ouvidos”. É assim que eles se apresentam. O programa da revista Quatro Cinco Um traz entrevistas com grandes autores, conversas e notícias para quem gosta de ler livros. Há episódios novos disponíveis a cada duas semanas. Por enquanto, já dá para ouvir os programas com a poeta Angélica Freitas, a chef de cozinha Paola Carosella, o escritor Itamar Vieira Junior, autor do premiado “Torto Arado”, o dramaturgo Ronaldo Correia de Brito, entre outros. A apresentação é do editor da revista, Paulo Werneck. 

Públicos específicos

Além dessas dicas, também há podcasts voltados para públicos mais específicos, como o “Engecast”, que aborda assuntos relacionados à Engenharia; o “Salvo Melhor Juízo”, sobre Direito; “Braincast”, com discussões sobre o universo da Comunicação e Tecnologia, assim como o “Scicast”, que aborda Matemática, Química e Física a partir de exemplos do cotidiano.

Adquirir conhecimento sobre nossas áreas de interesse e estar aberto a outras que às vezes nem imaginamos gostar é bacana para ampliar horizontes e aprender. Busque conteúdo de qualidade, coloque os fones de ouvido e aperte o play!